Práticas de Ensino: Diálogos Emergentes

Práticas de Ensino: Diálogos Emergentes R$ 18,90 Comprar

O livro “Práticas de ensino: diálogos emergentes” foi pensado e gestado em um momento ímpar que o mundo vivia no início de 2020, devido ao surgimento e avanço da CODIV-19, que tomou conta do mundo, modificando todas as atividades do ser humano. No período em que o mundo viveu um isolamento e distanciamento, grupos de pesquisadores (re) pensam suas práticas e delineiam escritas. Foi com esse contexto que pesquisadores do Brasil, Argentina, Cuba e El Salvador, sentiram necessidade de dialogar sobre as práticas de ensino nos vários âmbitos e situações, inclusive dessa pandemia. Esses pesquisadores fazem parte de uma rede liderada pela organizadora desse livro. Julgamos relevante a organização desses textos no sentido de analisar como as práticas de ensino se apresentam em um momento em que o diálogo se torna emergente, não só de metodologias e conteúdos educacionais, mas de situações políticas, econômicas e culturais que constituem todo o movimento humano em suas áreas. As práticas de ensino são reflexos dos acontecimentos sociais. Destarte, muitos textos se apresentam com essa configuração. Os quatorze textos, escritos por várias mãos, representando o pensamento de vários países e no caso do Brasil, de várias regiões, denotam a intensidade que os pesquisadores têm de discutir e socializar o conhecimento produzido, considerando diálogos construídos. O conhecimento não pode ficar escondido. Por esse viés, os textos que ora compõe este livro apresentam discussões relacionadas às práticas de ensino entoando a indústria 4.0, a educação 4.0, a pandemia, as aulas remotas, a transdisciplinaridade, a moda, a educação em EaD, as tecnologias digitais, a alfabetização, a ludicidade, a legislação, a extensão universitária, as relações etnico-raciais e a biossegurança.

Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.