Fenomenologia: e a ressignificação do trabalho docente

Fenomenologia: e a ressignificação do trabalho docente R$ 20,90 Comprar

A obra da professora doutora Enilda Rodrigues de Almeida Bueno, Fenomenologia e a ressignificação do trabalho docente, é uma reflexão sobre o sentido da profissão docente como humanização. Se toda profissão deve ser expressão de humanização, a profissão docente deve ser ainda mais, já que lida com a formação de pessoas.

A história da humanidade expressa a profunda contradição da vida humana. O exercício da subjetividade, da reflexão, do pensamento, da razão dotou-nos de poderosos instrumentos e meios para a humanização, mas igualmente nos desnudou(…)
A luta pela sobrevivência e pela acumulação de riquezas fez e faz, sobretudo com o do advento do capitalismo, que os homens se relacionem tendo como base uma competição ferrenha entre si, um enfretamento fraticida, em todos os setores da vida social.
Vivemos numa sociedade que se diz sociedade do conhecimento, da informação, da imagem, da técnica, mas prioriza o imediato, o prático, o útil, o produto, o resultado, e “afasta e desqualifica o pensamento, a reflexão e tudo o que não se situa na esfera da instrumentalidade”4. Mas esse é também um contexto de resistência a essa crise. Contexto de afirmações e compromissos com a humanização, com a crítica, com o pensamento, a liberdade e com o rigor acadêmico, com a formação ao mesmo tempo profissional e humana.

A obra da professora Enilda é um exemplo dessa resistência, pois entende que a formação profissional deve ser concomitantemente cultivo da razão, do pensamento, da criação, enfim, da formação, que exige cuidados e atitudes humanizadoras para que seja trabalho de fato pedagógico, formativo, expressão de criação e de realização da autonomia, da igualdade, da justiça, da democracia.

Ao propor a fenomenologia como referência do trabalho docente, a professora Enilda indica-nos que o fundamental do exercício profissional é o cuidado com a vida humana.

por Prof. Dr. Adão José Peixoto (UFG)

Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.